• marluce lima

Tradução de domingo



Desliga o samba. A festa acabou. Respira, está tudo bem, pense em dar um tempo das coisas. Se pudéssemos parar a chuva sobre o que falaríamos nessa tarde de domingo?


O sol veio e se foi. Como se a vida fosse definida em uma partitura. Para alguém como eu, aquém da música, penso se estará a vida a seguir a música ou se é vice-versa? Será a dança?

Lá fora, o vento se despede vagarosamente, vezes a nos enganar, vezes nos deixando ser enganados, e então os pássaros voltam a experimentar a calma.


Eu, que havia me debruçado sobre a previsão, desejei chover incansavelmente. Desejei ser um pássaro protegido. Eu teria algum livro como companhia, algum cuidado, algum mistério. Eu teria experimentado alguma nova receita ou algum tempero. Eu teria entendido, talvez, duas linhas de Seamus Heaney, ou teria imposto a mim mesma abrir o livro de Joyce mais uma vez. Eu poderia ter ido a missa ou teria rezado em segredo. Eu estaria seca, tranquila, submissa ao tempo. Quem sabe, eu teria escrito algum poema!


Desconfio das precipitações, e nunca soube não me precipitar. Me encontro agora, em meio a palavras e tentativas de desbravar mundos. Encontro-me em êxtase. Como se o momento em que se faz um poema fosse mais importante do que acertar seu tempo.


Terminar um poema é como sair de casa. Entendê-lo é como entender o tempo, imprevisível, tremendo descompasso.


O sol toca agora nossos prédios. O samba já na rua se cala. Logo é carnaval e nem me importo. Ouvi dizer que o som ressoa nas avenidas, o amor, a loucura, o asfalto ao debruçar-se em nossos sentimentos. Sempre gostei da calmaria que a festa provocava em minha cidade.


Já sabemos que nossa cidade também ainda não é essa, ainda não há a paz de um pássaro. Mas também não me importo. Agora escrevo.


Alguém me diz agora 'continua escrevendo', dois minutos nos restam. Que escrita demorada! - eu respondo a mim mesma - me diz, como ler a partitura da vida?




MoLI - Dublin, 9 de fevereiro de dois mil e vinte

  • SoundCloud - Círculo Branco
  • Branca Ícone do Flickr
  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco
  • Ícone do Youtube Branco

made with love & poetry