• marluce lima

dois minutos em um beijo

Updated: Apr 9, 2019

|poesia & vídeo

Urgência da calma

linha tênue entre o amor e a guerra.

doze segundos

doze quilos sobre doze músculos

dos meus lábios

extremos.

Pára, ao redor: o tempo

ouço os poros vibrarem

os polos se inverterem

os pelos ouriçarem

as pupilas dilatam

o sangue é bombardeado

o caminho para o nirvana

a conjugação de instinto e desejo

a conexão entre duas almas.

somos um inteiramente, dentro de um beijo.


Seu universo no meu

a transformação de meu código genético

o beijo que cala o desassossego

cessa o mal

sela acordo

o dejavú do reencontro

tantas vidas, em alguns segundos.


Eu concordo:

precisamos apenas de dois minutos

o tempo de uma música,

do eterno,

a pausa para um café.

a euforia, o vício, a paz.


Nós: que nos encontramos

no foz delta que desemboca nossos mares emocionais

nós, átomos e células

de nitrogênio.

Eu: me calo na sua boca

Você: como clorofila para minha poesia

para minha arte de viver: oxigênio.

acende as chamas do fósforo distribuído em meus mais de cinquenta quilos.

ataca as terminações nervosas do meu organismo.


Dois minutos foram pretexto

pra poder viver para sempre dentro do seu beijo.



0 views
  • Branca Ícone do Flickr
  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco
  • Ícone do Instagram Branco
  • Ícone do Youtube Branco

made with love & poetry